Seja mais um Soldier de Michael
Be more of a Soldier Michael

Se cadastre e faça parte desta grande familia
To register and join this great family

Desde já seja bem vindo...
Welcome ...

It's All For L.O.V.E.


 
InícioCalendárioFAQMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe|

Michael Jackson e Ryan Wayne uma história de amor e amizade

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo
AutorMensagem

DAYA_BR
avatar
Hiper Fã
Hiper Fã
Mensagens : 3069
Data de inscrição : 04/09/2010


MensagemAssunto: Michael Jackson e Ryan Wayne uma história de amor e amizade Qui Jun 09, 2011 6:18 am



"Eu tive a visita do pequeno Ryan White na minha sala de jantar falando para a mãe dele à mesa: 'Mãe, quando você me enterrar eu não quero estar de terno e gravata. Não me ponha terno e gravata. Eu quero estar de jeans e camiseta.'Eu disse: 'Com licença, eu preciso ir ao banheiro.'Eu corri para o banheiro e chorei. Imagine um garoto de 12 anos dizendo para a mãe como enterrá-lo. Foi isso que eu o ouvi dizer. Como pode o seu coração não amolecer por uma pessoa assim?"
Ouvir esse garotinho dizer para a mãe como enterrá-lo me machucou. Era como se ele estivesse preparado para isso e quando ele morreu ele estava usando OshKosn jeans, camiseta e um relógio que eu dei para ele.

Eu me senti tão mal. Eu só queria abraçá-lo e beijá-lo, dizer que o amava, e eu fiz tudo isso quando ele estava vivo. Eu cuidei dele e ele ficou na minha casa. Mas vê-lo deitado lá...
Eu falei com ele: 'Ryan eu prometo que farei alguma coisa em sua honra em meu próximo album. Eu vou criar uma canção para você. Eu vou cantá-la. Eu quero que o mundo saiba quem você é'. Eu fiz Gone Too Soon".


Palavras de Michael sobre Ryan

Ryan Wayne White foi um adolescente de Indiana, EUA, que se transformou em um exemplo e personagem nacional no seu país devido a AIDS, depois de sua expulsão do colégio por ter contraído a doença.
Ryan era hemofílico e adquiriu o vírus em uma transfusão. Foi diagnosticado com AIDS em 1984, e os médicos lhe deram somente seis meses de vida. Mesmo com os médicos orientando que sua enfermidade não representava um risco aos outros estudantes, naquela época, os meios de transmissão da doença ainda não estavam claros para a maioria das pessoas e, quando Ryan voltou ao colégio, muitos professores e pais de alunos de Kokomo se colocaram contra seu retorno.
Uma longa batalha judicial e a cobertura midiatica fizeram de Ryan uma 'celebridade' e um porta-voz nas investigações sobre a AIDS, bem como sua repercussão na educação pública.
'Trebuchet MS'Assim, veio a público, de forma constante, ao lado de personalidades como Elton John, o apresentador de tv Phil Donahue e Michael.
Ryan surpreendeu os médicos e viveu cinco anos a mais do que o previsto por eles, vindo a falecer pouco tempo antes de completar seus estudos secundários, em Abril de 1990.
Faleceu em um domingo de Ramos, no dia 8/4/1990. Em agosto desse mesmo ano, quatro meses após sua morte, o Congresso dos EUA aprovou a criação da "Ryan White Care", um programa para pessoas portadoras de HIV. Este programa é considerado o maior programa direcionado a essa finalidade.
O "Ryan White Care" auxilia programas para melhorar a qualidade e a disponibilidade do atendimento das pessoas de baixa renda, sem seguro ou com seguro insuficiente, sejam elas vítimas da doença ou de suas famílias.
Ryan rompeu o paradigma de que a AIDS só afetava os homossexuais e, levando-se em conta a sua idade, criou-se motivos para que várias personalidades se solidarizassem com ele, conforme dito anteriormente.

MICHAEL E RYAN

Michael conheceu Ryan quando seu caso foi comentado na tv americana. Ao saber do fato, Michael, cancelou sua visita à inauguração do Cassino Taj Mahal e voltou imediatamente com Donald Trump para Indiana, com o objetivo de se encontrar com Ryan, passando cerca de quatro horas, consolando a mãe de Ryan, Jeanne
Michael levou Ryan para conhecer Neverland, dando muito apoio a ele e sua família.

Entre outras coisas, Michael presenteou Ryan com um Ford Mustang de cor vermelha.


No dia que Michael visitou a Casa Branca para a cerimônia em homenagem ao 'Artista da década', em 1990, telefonou para Jeanne para saber como Ryan estava.
Jeanne passou o telefone a Ryan para saber como o filho reagiria ao ouvir a voz de Michael, já que Ryan estivera em coma por quatro dias.
Em 29 de março de 1990, meses antes de sua graduação de final de curso, Ryan voltou ao hospital infantil 'James W. Riley' com uma infecção respiratória.
Quando seu quadro clínico piorou, precisou do respirador artificial e foi sedado, vindo a falecer.
Mais de 1500 pessoas assistiram ao seu funeral e em 11 de abril, celebrou-se uma missa na Igreja Presbiteriana de Indianápolis, sendo transmitida pelas redes ABC, CBS, CNN e NBC.

Na lápide de Ryan se encontra uma mensagem dizendo:


'Gonna make it difference.
Gonna make it right
Friends Forever.'
Michael Jackson



DEPOIMENTO DE JEANNE WHITE, MÃE DE RYAN, SOBRE MICHAEL EM JULHO/2009
A mãe de Ryan, Jeanne, falou no programa "The early show" da rede CBS, sobre as lembranças que tem de Michael e fez questão de defendê-lo. Jeanne conta que ela e o filho ficaram em Neverland e que o rancho de Michael representou para eles o céu e a terra. Disse que seu filho também visitava Neverland sozinho e que amava o cinema, o chimpanzé Bubbles, que seu filho sentia-se à vontade na propriedade de Michael e que para ela, os tempos em Neverland foram PRECIOSAS RECORDAÇÕES.
Jeanne disse que possui um álbum de recordações de Ryan em Neverland. Disse, ainda, que, a seu pedido, Michael providenciou uma câmera polaroid para que Ryan tirasse as fotos que quisesse do Rancho.
Contou também que NÃO TINHA RESERVAS EM DEIXAR SEU FILHO COM MICHAEL EM NEVERLAND, acrescentando que Ryan parecia mais maduro com a convivência com Michael.
Para Jeanne, Michael NÃO SE IMPORTAVA COM A RAÇA, COR, STATUS OU DOENÇA QUE A PESSOA TINHA e que ele SIMPLESMENTE AMAVA TODAS AS CRIANÇAS.

Jeanne completou dizendo que Michael presenteou Ryan com um carro em 1989, um Mustang vermelho, carro favorito de Ryan e que Michael sentou-se ao lado dela e de sua filha no dia do funeral de Ryan.


Fonte: Revista People
[/color][/font][/color][/font][/color][/font][/color][/font][/color][/font][/color][/color][/font][/color]
<embed src='http://cnettv.cnet.com/av/video/cbsnews/atlantis2/player-dest.swf' FlashVars='linkUrl=http://www.cbsnews.com/video/watch/?id=5131634n&releaseURL=http://cnettv.cnet.com/av/video/cbsnews/atlantis2/player-dest.swf&videoId=50073940,50081915,50081914,50081913,50081912,50081911,50081910&partner=news&vert=News&si=254&autoPlayVid=false&name=cbsPlayer&allowScriptAccess=always&wmode=transparent&embedded=y&scale=noscale&rv=n&salign=tl' allowFullScreen='true' width='425' height='324' type='application/x-shockwave-flash' pluginspage='http://www.macromedia.com/go/getflashplayer'></embed><br/><a href='http://www.cbsnews.com'>Watch CBS News Videos Online</a>
Watch CBS News Videos Online

CREDITOS: forevermichael.foumeiros

_________________
Eu amo vc mais...
I Just Can't Stop Loving You Michael...




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ww.serhumanomj.blogspot.com

Michael Jackson e Ryan Wayne uma história de amor e amizade

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

Tópicos similares

-
» Michael Jackson: A verdade chocante sobre os Arquivos do FBI
» Jason Pfeiffer volta a dizer que teve caso com Michael Jackson
» Mãe de Michael Jackson: «O meu filho não era molestador»
» Lindsay Lohan cumprirá pena como faxineira de necrotério onde ficou Michael Jackson
» O que todos devem saber antes de abrir a boca para falar mal de Michael Jackson!!!
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Michael Jackson - Coronel :: Como tudo começou-